A Melhor Eleição!

Estamos vivendo dias, nos quais há uma corrida de candidatos a se aventurarem a um cargo eletivo, nos municípios de toda a nação brasileira. A maioria deles gasta altas somas de valor monetário, para galgarem um determinado cargo, muitos até endividam-se para tal fim. Qual a finalidade real dessa corrida, que sempre termina com um número muito maior de derrotados? O que há de tão precioso em um cargo eletivo? Todos dizem, em suas propagandas eleitoreiras, que é para ajudar a nação, o povo, para que tenha uma vida melhor, pelo menos, nas áreas de necessidades básicas, como emprego, saúde e educação. Mas sabemos que a maioria  pensa apenas no seu próprio bem estar , com o intuito de aumentar o volume de seus  bolsos e usufruir das mordomias, próprias de um cargo governamental no Brasil. Outros, nem precisam dessa “ajudinha financeira”, mas, simplesmente, concorrem por amor ao poder, à fama e ao estar em evidência. Depois de todo o processo publicitário e no grande dia, rumo às urnas! O dia em que todo o brasileiro, não apenas em um desejo de exercer a sua cidadania, por livre e espontânea vontade, mas, principalmente, por obrigação legal , engrossam as filas das secções eleitorais, que mais parecem um montão de seres subservientes, não ao exercício do dever, mas aos manipuladores e exploradores da boa vontade de um povo incauto, que se deixou seduzir pelas meias verdades publicitárias, escolherão os seus preferidos ou preferidos de alguém que disse que era o seu preferido. É bom salientar que nem sempre há intenções inescrupulosas entre os candidatos, mas é evidente que esses raramente chegam lá, por variadas razões. Em regra, sabemos que os eleitos  não são os melhores, nem tampouco refletem o verdadeiro anseio da sofrida massa populacional. O clima que paira no ar é de “frustração”, quanto ao verdadeiro clamor da sociedade.
O eleitos, do resultado do dia seguinte, consideram-se os vencedores, os felizardos. Se os pulmões fossem mais frágeis, o ar que os infla, com certeza daria para estourar cada um deles. Agora, os eleitos têm segurança financeira, fama e poder, para eles, isso é tudo.  São as estrelas da constelação política, o cerne, a nata da sociedade. Saíram do anonimato, para serem aplaudidos por todos. Assim sendo, quem não concorda que essa é a classe mais almejada, por uma boa parte da população?

Mas, como a vida não é apenas feita de considerações materiais, ela também deve ser refletida e pensada em termos espirituais, há algo mais sublime que extrapola qualquer valor material, são os valores do mundo invisível.  Há os eleitos que foram escolhidos, não por um povo, mas por alguém que é Superior a tudo e a todos, que governa sobre reis e poderosos da Terra, que tem o domínio, o governo o poder de todos os povos, nações e línguas. Há os eleitos que foram escolhidos para serem embaixadores do céu, nesta terra dos mortais. Os cidadãos dos céus  foram eleitos para serem reis e sacerdotes e filhos por adoção do Altíssimo, para reinarem com Cristo, não apenas por 4, 8 ou 20 anos, mas por 1000 anos! Você pode entender isso? Os eleitos reinarão, não  em qualquer lugar da Terra, mas na Cidade Santa, a nova Jerusalém!  Nenhum presidente, rei ou governador deste mundo pode se comparar à posição de estar em Cristo, de ser escolhido pelo próprio Criador e Sustentador do Universo, desde a fundação do mundo!

Quem são esses  eleitos, então? Quais os escolhidos do Criador do universo,  do Deus Pai? Os religiosos? Evangélicos, católicos, ou qualquer outra denominação religiosa? Não, absolutamente, não! O eleito é você. Você mesmo! Que está lendo esta reflexão. O que lhe cabe é apenas abrir o seu coração, crer e responder positivamente a essa escolha e tomar posse da posição que você pode ter em Cristo. Escolha assumir com Ele o compromisso de estar nEle e permanecer nEle!
Confira:  “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade”. Ef 1:3-5
Há alguma posição na terra ou no céu mais valiosa e sublime que essa? “Não fomos comprados com coisas corruptíveis, como prata e ouro, da nossa vã maneira de viver, mas com o precioso sangue de Cristo”. 1 Pe 1:18-19                                                                                                                 “…e viveram e reinaram com Cristo durante mil anos”.  Ap 20:4

Pondere o valor que você pode ter em Cristo e não disperse esta oportunidade: De ser um ELEITO de Deus! Antes que seja tarde demais.
,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *